Que variedade de massas conhece?

Imagem

As massas são talvez o ingrediente mais versátil na cozinha. Feitas à base de trigo e água, cozem em cerca de 3 a 5 minutos e são a base perfeita para combinar com quase tudo: alho, cebola, tomate, carne, peixe, frutos do mar, vegetais, molhos finos ou espessos ou um simples fio de azeite…

Pensa-se que existem mais de 500 variedades de massas, o que acrescenta ainda mais versatilidade a este ingrediente que os italianos adotaram e aperfeiçoaram como ícone da sua culinária. Destas mais de 500 variedades, lembramos apenas algumas, para lhe dar inspiração para cozinhar.

Letras, estrelinhas, argolas, orzo (risoni), bagos, cotovelinhos, couscous… Massas pequenas, ideais para sopas, caldos leves ou saladas.
Capellini (Aletria) Além da famosa aletria, também pode ser utilizada em sopas e canjas.
Bucatini Idêntica ao esparguete, mas de interior oco, o que faz com que absorva melhor os molhos.
Spaghetti (esparguete) Dispensa apresentações. Com ou sem molhos, é das mais conhecidas em todo o mundo.
Canelone Ideal para rechear e muito resistente às temperaturas do forno.
Ravioli Massas recheadas com queijos, vegetais, carnes ou peixes, devendo ser acompanhadas de molho.
Penne (liso ou riscado) Com o mesmo formato, a variação lisa é adequada a molhos de natas, queijo, tomate, bechamel e a riscada resulta melhor em receitas mais “secas” apenas regadas com azeite.
Meada Ideal para guisados/ estufados de carne, peixe ou vegetais.
Rigatoni (macarrão) Pequenos tubos, perfeitos para confecionar com molhos à base de carne, vegetais, queijo ou manteiga.
Amorini (ondas) Um formato ideal para fazer receitas com molhos.
Farfalle (laços) A forma de laço dá originalidade às receitas, idealmente com molhos. Apetecível também em saladas frias.
Fettuccine As tiras, lisas e achatadas, tendem a colar, pelo que deve ser cozida em água abundante e mexida regularmente. Ótima com molhos.
Conchiglie e Conchigliette (conchas e conchinhas) As maiores podem ser recheadas e ir ao forno. As mais pequenas absorvem bem os ingredientes e molhos espessos.
Fusili (espirais) O seu formato espiral facilita a absorção de molhos, mas também saborosa se cozinhada al dente, ao natural ou em saladas.
Lasanha Recheie com legumes, carne ou peixe e molhos de queijo ou tomate, gratinando o topo no forno.
Tagliatelle (talharim) Ótima a absorver molhos e combinada com pequenos ingredientes (ervilhas, picados, etc).
Cappelletti, Tortellini, Ravioli Massas recheadas com legumes, carne, ou queijo, ainda mais saborosas quando envoltas em molho.
Gemelli Massa de duas tiras enroladas uma na outra em formato espiral. Resulta bem em guisados, com molhos espessos, como o de tomate, e saladas.
Rotelle/ Ruote Massa em forma de círculo, ligado por pequenas tiras a um círculo menor, lembrando rodas de bicicletas. Ficam bem com molhos e guisados.
Orecchiette (orelhinhas) Com um formato que lembra pequenas orelhas, resulta bem em sopas e saladas ou salteadas com legumes ou carnes.
Cotovelos O interior oco absorve bem os sabores de molhos de refogados.
Pappardelli Idêntica à fettuccine, tradicionalmente cozinhada em molhos à base de carne.

Não perca, em breve, mais posts sobre massas…

Deixe o seu comentário...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.